Como se exercitar na praia com segurança: com tênis ou descalço?

Todos nós sabemos que qualquer exercício físico orientado e executado de maneira segura, proporciona inúmeros benefícios para a saúde, mas nem todas as atividades podem ser realizadas com os pés descalços, se você pensou que iria abandonar o tênis na beira mar enganou-se. A maioria das pessoas prefere caminhar na areia fofa, neste terreno você fica mais suscetível a uma lesão por conta da instabilidade. É necessário ter um condicionamento físico mais avançado para este tipo de terreno. O tornozelo, joelho e até mesmo o quadril ficam vulneráveis a entorse, ainda mais se pessoa não estiver preparada. Caso a opção seja uma caminhada leve, pode ir neste caso descalço. Agora, se a intenção for a corrida, o tênis é indispensável.

Afinal, correr na areia fofa ou firme? O mais adequado é correr na areia firme, pois os riscos de lesões no tornozelo são menores nesse terreno. Em contrapartida, normalmente esta faixa da areia é inclinada e pode vir a prejudicar a coluna do praticante. Na areia fofa os impactos são reduzidos, mas há maior desequilíbrio, para quem não é um praticante do reforço muscular (musculação), há o risco do surgimento de lombalgias.

Vilã ou Mocinha?

A areia em relação a outros terrenos é menos vantajosa, apesar de absorver mais o impacto do que outros tipos de solo. A areia proporciona maior contato do pé com o terreno, exercitar-se descalço pode levar a lesões em função do atrito ou mesmo contusões, alerta o presidente da Sociedade Brasileira de Artroscopia e Traumatologia do Esporte (Sbrate), Fábio Krebs. Que ainda reforça o uso de tênis para atividades físicas na areia.

Além de proporcionar segurança e estabilidade durante a prática de atividades na areia, o tênis protege os seus pés de alguns encontros desagradáveis na beira mar como cacos de vidro, espinhaços de peixes, baganas de cigarro, tampas de garrafa entre outros rejeitos. Prefira aquele tênis mais leve e arejado, que permita a transpiração dos pés, e também o tênis com o solado mais fino e maleável.

A duração dos treinos na areia deve ser menor do que aqueles praticados regularmente, por ser mais intenso e também exposto ao sol e calor.

Correr na areia é mais difícil do que correr na calçada ou em uma esteira, não exagere na intensidade das passadas, para que você não se machuque ou tenha que parar o treino na metade. O alongamento, depois das atividades físicas, é fundamental, inclusive para relaxar após um treinamento intenso.

Não devemos esquecer o protetor solar e realizarmos os exercícios nos horário de menor incidência dos raios solares. A hidratação também é fundamental, leve sempre uma garrafa de água!

Por fim, há grupos de estudos em Harvard que se dedicam a pesquisar os benefícios da corrida com os pés descalços. Entretanto, ainda não há evidências contundentes que afirmam que correr sem tênis é melhor.

Confiram mais dicas no vídeo abaixo:

Fonte: corpoacao
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *